George Harrison: À Porta Fechada de Graeme Thomson

A biografia daquele que foi, sem dúvida, o membro mais controverso dos Beatles.

 

Tal como o sucesso dos Beatles levou ao extremo a noção de estrelato na música pop, assim a vida de George Harrison pareceu ampler os paradoxos essenciais da natureza humana.

A soberba biografia de Graeme Thomson segue a pista de Harrison desde o minusculo terraço de Liverpool onde o artista nasceu até à opulência excêntrica de Friar Park, a sua mansão neo-Gótica com 120 quartos, até Hamburgo, e pelos ashrams Himalaios e refúgios Hawaianos. À Porta Fechada é a história de um guitarrista, um Beatle, um revolucionário cultural, um homem em demanda espiritual, um marido, pai e filho, uma superestrela relutante, e compositor que trabalhava duramente a sua arte embora tocado por lampejos de inspiração divina. Um homem profundamente reservado, mas simultânemente um homem de inteligência, de afecto e, por vezes, de uma honestidade brutal, Harrison era complexo e variadas vezes conflituoso. Um homem nunca decidido, cujas contradições definiram uma vida preenchida e realizada.

Os Beatles e a música eram apenas elementos de uma existência criativa e multi-facetada. À Porta Fechada examina a vida de várias partes de um pensador, bem como da mente de um profundo pensador original. Harrison foi um pioneiro ao trazer música Indiana e sua respectiva cultura para para a vanguarda da consciência popular ocidental; organizou o primeiro grande acto colectivo de filantropia do rock, o Concerto pelo Bangladesh; resgatou o filme dos Monty Python, A Vida de  Brian, da ruína financeira; e prosseguiu a sustentar a nata da indústria do cinema Britânico com a Handmade Films. Na segunda metade da sua vida, tornou-se prioritário a busca dedicada pela iluminação espiritual, complicada por vezes pelas distrações tradicionais de um estilo de vida do mundo do rock, pela pelos litígios e pelos prolongados ressentimentos pessoais. Os seus últimos anos foram progressivamente solitários e manchados pela doença e por um ataque brutal com arma branca, contudo, o seu legado pessoal continuou a crescer desde a sua morte em Novembro de 2001.

Extraída de extensas entrevistas com amigos próximos, aliados musicais e colaboradores de uma vida, À Porta Fechada contém uma pesquisa rigorosa e uma percepção crítica esclarecida por forma a explorar todos os aspectos dos 58 anos de Harrison. O resultado é um retrato íntimo e revelador de uma lenda musical.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

w

Connecting to %s